Ampolas Gasométricas

A ampola gasométrica foi desenvolvida e é fabricada exclusivamente pela Construmaq São Carlos.

Conceito novo na amostragem de gases, operam segundo princípio algo semelhante a seringas.

Recipiente de vidro de para armazenar amostras de gás, provido de pistão com válvula. Destinam-se a amostragem de gases para análise química. Apresenta baixo volume morto, de aproximadamente 100µl. O sistema de transferência de gás no enchimento e na retirada é otimizado para trabalhos com escassez de amostra.

Um kit de transferência consistindo de sacador do pistão, sonda e tubo de transferência permite manipular o pistão e abrir e fechar sua válvula durante a transferência.

Volumes disponíveis: 17, 37, 110, 125, 220 e 300 mL.

Fig. 2.

Fig. 1. Ampolas gasométricas.

São alternativa vantajosa concorrendo com recipientes pré-evacuados, na amostragem de gases, pois evitam a incerteza do vácuo e, tendo volume variável permitem a retirada total do volume armazenado. São de material inerte a muitos gases. Em complementação ao pistão há uma tampa rosqueada com selo de vidro polido contra alumínio que inibe largamente a troca difusiva com o ar externo. Muitos tipos de amostras gasosas mesmo diluidas quando armazenadas nestas ampolas podem ser armazenados durante dias sem alteração. Assim são apropriadas para transporte a grandes distâncias.

Fig. 2.

Fig. 2. Ampola gasométrica.

Fig. 3. Ampola gasométrica com kit de enchimento e retirada (rosca e tampa omitidas).

Fig. 3. Ampola gasométrica com kit de enchimento e retirada (rosca e tampa omitidas).

Ampolas com volumes a partir de 37ml.

Fig. 4. Ampolas com volumes a partir de 37ml.

Fig. 5. Ampola de 17ml. O pistão desta ampola não tem válvula embutida.

Fig. 5. Ampola de 17ml. O pistão desta ampola não tem válvula embutida.

Fig. 6. Ampola de 17ml em uso.

Fig. 6. Ampola de 17ml em uso.

Customização de ampolas para amostragem de gases agressivos

Os componentes de alumínio das ampolas gasométricas podem ser passivados por meio de anodização.

Fig. 7. Ampola gasométrica com componentes anodizados

Fig. 7. Ampola gasométrica com componentes anodizados

Customização de ampolas para amostragem de gases com temperaturas elevadas

Os o-rings e componentes de policloreto de vinila (PVC) podem ser substituídos por componentes de silicone e teflon para resistirem a amostragens de gases com temperaturas até 200oC.

Inserção de amostra na ampola gasométrica

Informações adicionais:

Como planejar uma campanha de campo.
Folheto informativo.
Ampola Gasométrica – Manual.